Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • HUGO CURCIO LOPES - PSDB
  • Vereadores
    LEGISLATURA 2017 A 2020
    Presidente Atual
    HUGO CURCIO LOPES
Hora: 00:00:00
História do Município de Queiroz - SP
Webline Sistemas

Em maio de 1938, Joaquim Ferreira Gandra, procurador de Heitor Ferreira Gandra, tomou a iniciativa de desmembrar a fazenda Paiquerê, esta desmembrada da fazenda Guatuporanga, um lote de terra com a área de 58 alqueires, compreendido entre os rios Caingangs, Aguapeí e Tibiriçá, dois quais 10 alqueires seriam para a fundação de um patrimônio. Esta área foi desmembrada do Distrito de Paz de Novos Cravinhos, um dos municípios da comarca de Marília. O terreno foi loteado e vendido à prestação cuja finalidade era de se estabelecer um pequeno centro comercial para a serventia da zona agrícola que na época já era bastante desenvolvida.

A escolha do nome Queiroz  deve-se ao fato de na época a Fazenda Paiquerê ser dos proprietários da firma Queiroz Ferreira & Cia Ltda, pois essa firma acolhia grande número de trabalhadores que chamavam o pequeno núcleo de Vila Queiroz. O primeiro nome foi Queirozópolis e posteriormente de Vila Queiroz.

O povoado tornou-se distrito de paz em 19 de maio de 1938 e, pouco mais de seis anos depois, foi elevada a categoria de Distrito Administrativo pelo Decreto - Lei n.º 14.334 de 30 de novembro de 1944.

Através deste mesmo diploma legal, Queiroz foi incorporada ao município de Pompeia, vindo a desmembrar-se em 30 de dezembro de 1953, através da lei n.º 2.456.

Com base na Constituição Federal promulgada em 18 de setembro de 1946, a mais liberal quanto à formação de municípios, Queiroz obteve a sua autonomia em 28 de fevereiro de 1964, conforme determinação da Lei n.º8.092, na Comarca de Pompeia. o município foi instalado em 28 de março de 1965

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro





Próxima Sessão